Você chegou tão diferente do seu jeito de sempre chegar, me olhou de um jeito muito mais quente do que sempre costumava me olhar e isso me fez perder a razão. Aquele jeitinho de chamar meu nome e de me deixar louca que só você tem faz com que eu fique cada dia mais apaixonada por você. É incrível a capacidade que você tem sobre mim que as vezes nem eu mesma consigo entender essa vontade louca que eu tenho de você. Fico horas e horas imaginando uma vida ao seu lado e sinceramente eu amo isso, amo imaginar como seria nós dois juntos, como seria dormir e acordar ao seu lado, como seria te chamar de meu, como seriam as nossas crises de ciúmes, como seriam as nossas brigas que com certeza iriam acabar na cama. Sabe talvez isso seja apenas um sonho, sonho do qual talvez nunca irá se realizar mas eu não me importo porque afinal, sonhar faz bem.
Para alguém que talvez nunca irá ler.   (via importunarei)
Juro que pensei que era amado. Que fazia falta, que causava saudade, que amenizava a dor. Pensei que era importante para você, sabia? E quase acreditei nisso, quase mesmo. Faltou pouco. Você foi o meu quase. O meu quase amor, a minha quase certeza, a minha quase felicidade. Mas eu não vivo de “quase”, e você também não. A diferença é que eu lutei para o quase, virar tudo. Você fez o quase, se tornar nada.
Allax Garcia.  (via relevoar)